terça-feira, 29 de novembro de 2016

ANDRÉ DAVID


André David colocou a sua posição de treinador principal do Académico de Viseu Futebol Clube à disposição da direção academista. Confrontada com tal sitiuação e atendendo ao facto dos objetivos inicialmente traçados pelo clube não estarem a ser integralmente cumpridos, a direção do Académico de Viseu, na pessoa do seu presidente, decidiu aceitar a demissão de André David, passando agora a equipa academista a ser orientada por Octávio Moreira, Tiago Castro e Vasco Almeida.
Pela dedicação e sentido profissional demonstrado ao serviço do Académico de Viseu, deseja a direção academista a André David, votos do maior sucesso, quer na sua dimensão pessoal quer na sua carreira desportiva.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

BENFICA - 3 MOREIRENSE -0 - PIZZÃO

Vermelhão: consistência...

Benfica 3 - 0 Moreirense


Jogo morno, até as bancadas estavam um pouco expectantes... O Moreirense, veio com um 'autocarro' competente, e notava-se que o Benfica não ia aguentar um jogo de alta rotação durante os 90 minutos, como fizemos por exemplo com o Marítimo!!!
O segredo da vitória, acabou por ser a paciência!!! Era inevitável, as oportunidades iriam aparecer... e mesmo sem o desbloqueador do Grimaldo (este tipo de jogos, encaixam perfeitamente nas características do espanhol), fomos abrindo buracos... Mas curiosamente, os dois primeiros golos, nascem de recuperações altas, apanhando o 'autocarro' estacionado fora do sítio!!!!
Sem fantasmas de Istambul, após o intervalo, era necessário marcar o 2.º, o Benfica dificilmente teria forças para o forcing final... e o golo lá apareceu! Matando com qualquer esperança dos nossos adversários!
Pizzi foi considerado o MVP da partida justamente. Mas além dos golos desta noite, aquilo que neste momento me surpreende no Pizzi, é a condição física. Recordo que o Pizzi, o ano passado, terminou a época de rastos (aquele passe para o Ederson no jogo com o Setúbal... ainda está na memória de muitos!!!), mas neste momento tem pedalada para os 90 minutos... Hoje, ainda falhou alguns passes, mas leu muito bem o jogo, e percebeu os espaços que devia ocupar: à entrada da área, ou descaindo para a direita...!
Ederson foi um espectador privilegiado... ainda tenho que confirmar na televisão, mas as melhores oportunidades do Moreirense no Estádio pareceram-me fora-de-jogo!!!
Bom jogo do Luisão e do Lindelof, com pouco trabalho defensivo, mas bem na construção.
Semedo todo-o-terreno... a lesão do Eliseu foi realmente a única nota negativa da noite... o Almeida voltou a entrar bem... Defensivamente dá garantias totais, ofensivamente, tem que aquele problema do pé esquerdo, mas é preferível forçar aquelas bolas à linha, ganhando Cantos; do que aquelas diagonais internas ou cruzamentos desenquadrados!!!
Fejsa dominador...
O Salvio está cansado, notou-se ainda na 1.ª parte... e quando o Toto está cansado a decisão ainda é mais atrapalhada!!! Cervi, com mais uma excelente exibição... sendo que defensivamente está impecável!!!
Este não é o tipo de jogo ideal para o Guedes, existe pouco espaço... mas mesmo assim no início do jogo, foi dos melhores... mas também me parece cansado!!!
A única alteração no onze, foi a entrada do Jiménez, para o lugar do desinspirado Mitro. O problema do Jiménez é sempre a demasiada mobilidade!!! Então neste tipo de jogos, pede-se um ponta-de-lança mais fixo na área... mas ninguém poderá acusar o Mexicano de não dar tudo... O golo no final, foi um prémio merecido!!!
Boas entradas do Carrillo e do Rafa... O Peruano, quando joga os últimos minutos tem estado sempre bem, o problema é quando é titular; o Rafa, a jogar no meio (posição que eu não esperava grande coisa...), está-me a convencer... e antecipo já um pseudo-problema: por exemplo no jogo com o Sporting, um jogador como o Rafa poderá ser mais útil do que o Guedes...!!!!
Mais um arbitragem surreal. Conseguir não expulsar nenhum jogador do Moreirense!!! Critério nos contactos completamente torto... E agressões dentro da área a passarem completamente ao lado dos 4 árbitros!!! Enfim, um festival!!! Numa jornada onde os Corruptos e os Lagartos, em deslocações complicadas, foram apitados por sócios, o Benfica teve direito a mais esta prenda!!!!
Era importante, manter a vantagem de 5 pontos sobre o Sporting (será muito importante, manter esta vantagem até ao derby), e cavar mais 2 pontos aos Corruptos!!! Independentemente dos discursos, aquele resultado em Istambul, da forma como aconteceu, poderia ter deixado marcas... além das físicas. Falta muito Campeonato, mas todos os jogos são decisivos, ainda por cima quando 'este' Benfica, tem feito a diferença, nestas duas últimas épocas, exactamente, na regularidade...!!!


A.VISEU - 0 S. COVILHÃ - 1 - DERROTA


Três meses sem vencer em casa é, no mínimo, inadmissível. 

Mais que uma crónica, importa saber o que se vai fazer a seguir. 

Se ontem se debateu o futuro do clube, com Assembleia geral de apresentação do projecto da nova SAD academista, hoje ficámos preocupados com o presente do clube.

Desde logo, ficaram duvidas relativamente á constituição da equipa. No lado esquerdo da defesa, André Davidapresentou Pedro Paulo, com Stephane no banco de suplentes, como médio defensivo Zé Paulo, com Sana no banco, e na frente, a ausência de um ponta de lança fixo.

O jogo foi fraco, fraquinho, duas equipas de "empatas", com os forasteiros a demonstrar melhor futebol, e mais argumentos e vontade de ganhar.

O jogo foi decorrendo em ritmo de treino, com um ou outro lance mais elaborado, mas sempre sem emoção.

Aos 62m de jogo o treinador academista, retira Yuri, e lança Luisinho, mas de pouco valeu, 7m depois, Bura num lance completamente descabido, vem á entrada do meio campo adversário, e sem necessidade nenhuma, atinge o adversário com um pontapé, que levou o árbitro a mostrar e bem, o cartão vermelho.

Lógico que se o Covilhã, já era a melhor equipa no terreno de jogo, aproveitou para aumentar o caudal ofensivo.

André David faz entrar Park, para o lugar de Pedro Paulo, e coloca este jogador a defesa esquerdo, recuando Zé Paulo para central. Não estamos nos treinos, mas estranha-se que um jogador que já tenha jogado a ponta de lança, jogue como médio defensivo, e recue para defesa central.

O Covilhã carrega, e como a "manta de retalhos", tapava de um lado destapava do outro, foi a vez de Sana ir a jogo substituindo Tiago Borges.

O esperado aconteceu mesmo golo do Covilhã! Mudança de estratégia, o até então tranquilo treinador academista esbraceja, e manda a equipa para a frente. Como não estava Bura, Zé Paulo, faz a terceira posição do jogo, vai de central para ponta de lança.

Futebol direto, pontapé para a frente, e Bruno Loureiro cai na área no ultimo lance do encontro. O árbitro também contribuiu para a festa e deu o jogo por terminado.

Jogo fraco, feio e frio, com um final de encontro quente.

Vitoria justa da única equipa que jogou para ganhar.